O que o tempo não pode mudar em meu casamento?

 

O que o tempo não pode mudar em meu casamento?

A aliança. Esta seria a resposta mais breve e inclusiva.

Quando assumimos diante de Deus e dos homens a decisão de unir-nos ao outro, tornando-nos uma só carne, uma só pessoa, mudamos radicalmente nossa vida. E esta mudança se dá, basicamente, por três razões: (1) Assumimos uma só vida a dois. (2) Assumimos viver esta vida como adoração ao Senhor. (3) Assumimos uma aliança inquebrável. Isto pode ser observado por meio dos votos. Eis alguns dos que já assumidos em casamentos que celebrei:

(1º exemplo): (Ele) Você aceita recebe-la como sua esposa; prometendo considerá-la como a pessoa mais importante em sua vida, respeitando, ouvindo, protegendo e honrando-a, até que a morte os separe? (Ela): Você aceita recebe-lo como seu esposo; prometendo honrá-lo por meio de sua fidelidade e de sua disposição em ser-lhe submissa, como ao Senhor, até que a morte os separe?

(2º exemplo): (Ele) Você promete amar a sua esposa, enquanto viver; priorizando-a dentre todos, inclusive pais; ouvindo-a com crescente consideração e cuidando para que tenha uma vida melhor a seu lado, até que a morte os separe? (Ela) Você promete amar a seu esposo, enquanto viver; priorizando-o dentre todos, inclusive pais; compartilhando o seu coração de uma forma crescentemente sábia e cuidando para que ele tenha uma vida melhor a seu lado, até que a morte os separe? (Pais) Prometem, diante de Deus e de todos, ajudá-los a crescer na vida a dois, acompanhando-os sem, contudo, atrapalharem sua intimidade? Prometem ajudar seu filho a enxergar sua esposa com a pessoa mais importante em sua vida? Prometem ajudar sua filha a respeitar seu marido como a pessoa mais importante em sua vida?

(3º exemplo): (Ele) Promete que seguirá sendo uma pessoa gentil, carinhosa e educada, que não usará a rotina como desculpa para a falta de bom humor? Promete que se relacionará sexualmente por prazer e que fará filhos por vontade própria, educando-os a serem independentes; bem informados e em tudo amigos do Senhor? Promete considerar sua esposa como a pessoa mais importante em sua vida, respeitando, ouvindo, protegendo e honrando-a, até que a morte os separe? (Ela) Promete não deixar a paixão fazer de você uma pessoa controladora e sim respeitar a individualidade de seu cônjuge, lembrando sempre que ele está ao seu lado por livre e espontânea vontade? Promete fazer da passagem dos anos uma via de amadurecimento e não uma via de cobranças por sonhos idealizados que não chegaram a ser realizados? Promete honrar a seu esposo por meio de sua fidelidade e de sua disposição em ser-lhe submissa, como ao Senhor, até que a morte os separe?

Eu sei que muitos passaram por esse ritual por pura tradição, incluindo a aliança assumida. As razões são variadas: imaturidade; ignorância; tradicionalismo; malícia. E isso, evidentemente, dificulta todo o relacionamento (construção, manutenção e usufruto). E, por isso, a vida não está como sonhara. E daí surge a frustração; e da frustração a dúvida; e da dúvida o descrédito; e do descrédito o desejo de rompimento. Outros estão lutando. Isto é, ainda tentando fazer dar certo. Não abdicaram da esperança e continuam como guerreiros, na expectativa de dias melhores.

Bom, seja qual for a situação e proporção, tenho três afirmações para você: (1) Ainda é tempo. Você está vivo! Não importa a idade. (2) Dá certo. (3) Mas, tem de ser do jeito que o Criador determinou.

O que está envolvido na aliança?

Ao homem, tornar-se homem. Pensar, sentir e agir como homem, assumindo a liderança eficaz que redunda em edificação para todos. E isto inclui, ao passo em que amadurece, abandonar o egoísmo de menino e amar a esposa, doando-se para que ela seja santificada (Efésios 5.25-26).

À mulher, tornar-se sábia, buscando edificação para o lar (Provérbios 14.1). E isto inclui o despojar-se do pecado de querer estar acima do marido. Respeitá-lo como líder, auxiliando-o em suas deficiências. Não reagir carnalmente, diante da insistente pecaminosidade do marido.

O que o tempo não pode mudar em meu casamento? A aliança assumida com o Senhor em fazer de meu casamento minha adoração. Lembre-se: (1) Ainda é tempo. Você está vivo! Não importa a idade. (2) Dá certo. (3) Mas, tem de ser do jeito que o Criador determinou.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s